Sem títuloApós cinco rodadas, o Brasileirão 2013 dará uma pause de quase um mês. Tenho ciência que é muito cedo para previsões, mas penso que é possível fazer um diagnóstico das equipes. Como toda pretensão que visa diagnosticar, o que pretendo fazer é um raio-X do que vi neste início de campeonato.
O primeiro dado é que temos uma zona de classificação, para a Libertadores de 2014, que marca a força do futebol carioca, já que dois, dos quatro primeiros colocados, são do estado do Rio de Janeiro. O mais curioso. Nenhuma equipe paulista.
Na parte de baixo da tabela, temos a surpreendente situação do Atlético-MG, um dos semifinalistas da Libertadores 2013.
Outro dado curioso. Quatro treinadores já perderam o emprego. Esse dado é da quarta rodada, embora eu supunha que não teremos mais professores desempregados até o reinício do campeonato.
Dos ditos grandes clubes brasileiros, farei uma análise mais precisa. Dos demais, farei comentários esporádicos.

Atlético-MG: Atual campeão mineiro e mesmo estando na zona de rebaixamento, considero uma das favoritas ao título. Pratica um futebol bom de ser visto, competitivo e tem um bom elenco. O seu treinador, Cuca, sempre monta boas equipes. Talvez sofra com a venda de um dos seus principais jogadores, o jovem Bernard, e, caso seja campeão da Libertadores 2013, jogue o Brasileiro apenas para cumprir tabela.
Cruzeiro: Time em formação, embora já apresente um futebol competitivo e marcado pelo caráter ofensivo. O treinador Marcelo Oliveira é um talento em ascensão, principalmente após o bom trabalho desenvolvido no Coritiba. Tem bons jogadores na equipe titular, mas não tem peça de reposição a altura. Além disso, alguns jogadores titulares são, no máximo, medianos, como os dois laterais e os volantes. Para complicar a situação, Diego Souza, Borges e Dagoberto são irregulares e Dedé, a principal contratação para o Brasileiro, não encontra-se em uma boa fase. Porém, demonstra ter capacidade de investimento e pode fortalecer o elenco nessa parada.
Botafogo: Praticamente é a mesma equipe do ano passado, o que garante o entrosamento da equipe, além de ter na categoria e experiência de Seedorf o seu porto seguro. Além disso, tem boas peças de reposição e ganhou confiança após o título incontestável do campeonato carioca. Mas passa por problemas financeiros, depois da interdição do Engenhão, e corre sério risco de perder jogadores titulares, como o meia Felipe Gabriel. Contudo é uma das equipes que podem disputar a vaga à Libertadores 2014.
Flamengo: Esse é, entre os grandes, uma verdadeira incógnita. Sem treinador, sem equipe formada, estar prestes a contratar o terceiro treinador do ano. Com patrocínios vultuosos e uma torcida que consome produtos oficiais, tem um forte poder de investimento, embora a diretoria da equipe esteja pregando a política dos ‘pés no chão’. Especula-se que o futuro treinador seja Mano Meneses. Caso confirme, pode aproveitar o recesso para tentar entrar nos trilhos.
Fluminense: É um dos favoritos ao título. Manteve, praticamente, a equipe campeã de 2012 e penso que joga um futebol mais ofensivo que o do ano passado. Mesmo com a saída de Wellington Nem e Carlinhos, o time não perdeu a competitividade. Rafael Sóbis, que é reserva, encontra-se em uma ótima fase. A patrocinadora já disse que não irá mais contratar ninguém esse ano.
Vasco: Desde o ano passado, vive os efeitos de uma crise profunda, embora tenha um dos melhores treinadores do país. Sem poder de investimento, sem nenhum grande jogador no elenco, penso ser um forte candidato ao rebaixamento.
Grêmio: Mesmo tendo um dos elencos mais caros do Brasil, o futebol apresentado, até o momento, não tem correspondido. Pode viver um momento de desmanche, com as saídas de Fernando, Vargas e André Santos. De qualquer modo, é uma equipe competitiva e dificílima de ser vencida, principalmente em seus domínios. Penso que o principal problema da equipe encontra-se no banco de reservas. Falo do ‘profexor’ que jura sem manager. É um forte candidato para disputar a Libertadores 2014.
Internacional: O Inter vive o dilema de ter bons elencos, mas tem quase 40 anos que não ganha o título nacional. O time montado por Dunga não joga um futebol vistoso, mas é competitivo. Tem boas peças no seu elenco titular, mas pode sofrer com o desmanche, principalmente de jovens revelações como Rodrigo Moledo, Fred e Leandro Damião.
Corinthians: Atual campeão mundial e da Libertadores é a equipe com maior poder de investimento do país, a ponto de contratar Pato por 40 milhões de reais. Pode perder seu principal jogador, o Paulinho, mas, mesmo assim, continuará forte. Forte candidato ao título.
Santos: O Santos já era capenga com Neymar, sem ele, tende a sofrer muito mais neste ano. Penso que o futuro treinador, que pode ser o excelente Marcelo Bielsa, terá 2013 como ano de reorganização do elenco e do time. Lutará para não cair.
São Paulo: É o time brasileiro, talvez, que vive mais em crise. O ótimo treinador, Ney Franco, passa por uma luta a cada rodada, já que é ameaçado de demissão. Pode perder Luis Fabiano, mas tem dinheiro para investir na contratação de novos jogadores, agora mais ainda com a venda de Casemiro. Mas sofre com a irregularidade, falta de confiança e raramente vence fora de casa. Mesmo assim, é forte candidato para disputar a Libertadores 2014.
Coritiba: Após o retorno à primeira divisão, talvez esse seja o melhor time montado pelo Coritiba. Comandado pelo “veterano” Alex, a equipe paranaense tem um elenco homogêneo e tem demonstrado um futebol competitivo. Sofre com os jogos fora de casa, mas é letal em seus domínios. Esse ano vai disputar a vaga para a Libertadores do próximo ano.
Atlético-PR: Esse é o time mais misterioso do campeonato, já que não disputou o campeonato regional. Pelo pouco que acompanhei, vai lutar para não retornar à segunda divisão.
Bahia: Há uma forte turbulência entre a torcida e a diretoria da equipe que acaba repercutindo na equipe. Embora tenha demonstrado uma reação, após a contratação do bom treinador Cristóvão Borges, tem um elenco mediano e vai lutar para não ser rebaixado.
Vitória: Treinado por Caio Júnior, o leão pode realizar um bom Brasileirão. Montado por jogadores “renegados” pelas ditas equipes grandes, o Vitória mostra um futebol ofensivo e competitivo. Porém, tenho a impressão que não conseguirá manter esse ritmo até o final.
Náutico: Equipe muito diferente da do ano passado. Tende a ter a situação agravada com a mudança do estádio, já que os Aflitos era um verdadeiro alçapão e o timbu era beneficiado pelo gramado alto. Forte candidato ao rebaixamento.
Goiás: Início irregular e já está na zona de rebaixamento. Com um elenco mediano, pode aproveitar o mando de campo para respirar mais tranquilo no campeonato, porque do contrário, é um forte candidato ao rebaixamento.
Portuguesa: Se ano passado a lusa já era uma equipe ruim, esse ano está pior. Vai namorar a zona de rebaixamento o campeonato todo.
Ponte Preta: A macaca vive uma situação precária desde os últimos jogos do campeonato paulista. Equipe desmotivada e sem confiança. Pode se arrumar com a parada, principalmente com a chegada do treinador novo, Silas. Tem um elenco com bons jogadores, mas precisa ter cuidado com a zona de rebaixamento.
Criciúma: Das equipes tidas como ‘pequenas’ é a que pode ter o melhor desempenho, junto com o Vitória, principalmente se impor sua força nos seus domínios. Tem um treinador, o Vadão, que geralmente monta equipes competitivas, mesmo tendo elencos modestos.

Repito, esta análise considera a atual situação das equipes e algumas possibilidades futuras.
Muita água vai passar por debaixo da ponte, como a venda/compra de jogadores, os torneios paralelos (Sulamericana e Copa do Brasil), teremos uma intensidade maior dos jogos as quartas e domingos, as falhas da arbitragem, os altos e baixos de todas as equipes, a própria parada para a Copa das Confederações, etc. O campeonato estar apenas começando
É por isso que o Brasileirão 2013 é singular.
Só espero que vença o melhor.
Veremos!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s